sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Obrigado!!



Foi um sucesso a campanha de doação de Sangue para o hemocentro do HU, agradeçemos imensamente àqueles que amam e se doam incondicionalmente!!!





















Deus abençoe a todos!!!

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Amor incondicional!!!









Neste sábado dia 20/12 estaremos nos reunindo as 8:00h da manhã na igreja Missionária Central (Rua Santos Dumont, 2001) para doarmos VIDA!
SIM ViDa!!
Seja você também um doador de Sangue e medula!!
Sua vida pode circular por outros caminhos.


DOE SANGUE.

Os requisitos para se doar sangue:

  • Documento com foto
  • ter entre 18 e 65 anos
  • não estar em jejum
  • não ter ingerido bebida alcoolica
  • ter peso acima de 50 kg

Impedimentos para doação:

  • gripe ou febre
  • gravidez, amamentação, aborto, ou parto nos últimos 3 meses
  • ter tido hepatite após 10 anos de idade
  • usuario de drogas
  • pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como AIDS, Hepatite, Sifilis e doença de Chagas
Confirme sua presença até quarta feira pelo blog - me envie seu nome e telefone pode ser pelo comentário ou pelo email - kesia.imc@gmail.com

ou entre em contato com a Patricia pelo fone: 9144-9004 ou patymaior@hotmail.com


Queridos amigos estou de férias!!!
Logo logo retorno com textos, noticias, informações e muito mais ....
Um forte abraço a todos!!!!!

Em Cristo e com Cristo
Késia

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

INFARTO FEMININO - É BEM DIFERENTE DO MASCULINO - IMPORTANTE MATÉRIA - NÃO DEIXE DE LER.

Infarto feminino - informação médica

Ela comentou que não se sentia bem... Lhe doíam as costas.... Ia deitar-se um pouco até que passasse... Um tempo mais tarde seu esposo foi ver como ela estava e a encontrou sem respirar... Não a puderam reviver.

Eu sabia que os ataques cardíacos nas mulheres são diferentes, mas nunca imaginei nada como isto. Esta é a melhor descrição que li sobre esta terrível experiência...
Sabias que os ataques cardíacos nas mulheres raramente apresentam os mesmos sintomas 'dramáticos' que anunciam o infarto nos homens? Me refiro à dor intensa no peito, o suor frio e o desfalecimento (desmaio, perda de consciência) súbito que eles sofrem e que vemos representados em muitos filmes.
Para que saibam como é a versão feminina do infarto, uma mulher que experimentou um ataque cardíaco nos vai contar sua história:

'Eu tive um inesperado ataque do coração por volta de 22h30min, sem haver feito nenhum esforço físico exagerado nem haver sofrido algum trauma emocional que pudesse desencadeá-lo. Estava sentada, muito agasalhadinha, com meu gato nos joelhos. Lia uma revista muito interessante, com o meu pijama preferido e muito relaxada, enquanto pensava: 'Que lindo, isto é vida...!'

Um pouco mais tarde, senti uma horrível sensação de indigestão, como quando - estando com pressa - comemos um sanduíche, engolindo-o com um pouco de água e parece que temos uma bola que desce pelo esôfago, bem devagar, meio embuchando-nos.
É, então, que nos damos conta de que não deveríamos comer tão depressa e que deveríamos mastigar mais devagar e melhor, além disto, tomar um copo de água para ajudar ao processo digestivo. desde las

Esta foi minha sensação inicial... O 'único problema' era que eu NÃO HAVIA comido NADA desde às 17h00min...
Depois, desapareceu esta sensação e senti como se alguém me apertara a coluna vertebral (pensando bem, agora acredito que eram os espasmos em minha aorta). Logo, a pressão começou a avançar para o meu externo (osso de onde nascem as costelas no peito). O processo continuou até que a pressão subiu à garganta e a sensação correu, então, até alcançar ambos os lados de meu queixo.

Ahá!! Nesse momento, soube realmente o que estava se passando comigo... Acredito que todos temos lidos ou escutado que a dor no queixo é sinal de um ataque do coração. '
Santo Deus, acredito que estou tendo um ataque cardíaco!' disse ao gato. Tirei os pés do pufe e tratei de ir até o telefone, mas caí no chão...
Então, disse: 'Isto é um ataque cardíaco e não deveria caminhar até o telefone nem a nenhum outro lugar, mas... se não digo a ninguém o que se está passando, ninguém poderá me ajudar.... E se demoro, talvez não possa mover-me depois.'

Me levantei me apoiando em uma cadeira e caminhei devagar até o telefone para chamar a emergência. Lhes disse que acreditava que estava tendo um ataque cardíaco e descrevi meus sintomas. Tratando de manter a calma, informei o que se passava comigo. Eles me disseram que viriam imediatamente e me aconselharam deitar-me perto da porta, depois de destrancá-la para que pudessem entrar e me localizar rapidamente.

Segui suas instruções, me deitei no chão e, quase imediatamente, perdi os sentidos. Não lembro quando, como entraram os médicos e nem quando me levaram de ambulância. Mas, vagamente, lembro de haver aberto os olhos ao chegar no hospital e ver que o cardiologista estava esperando pronto para levar-me à sala de cirurgia. O médico se aproximou e me fez algumas perguntas (creio que perguntou se havia tomado algum medicamento) mas não pude responder nem entender o que me dizia porque voltei a perder os sentidos. Acordei com o cardiologista - como descobri após algumas horas - havia introduzido um pequeno balão em minha artéria femoral para instalar dois 'stents' que mantivessem aberta minha artéria coronária do lado direito.

Sei que parece que tudo o que fiz antes de chamar a ambulância houvesse demorado uns 20 ou 30 minutos, mas na realidade apenas me custou 4 ou 5 minutos... E, graças a minhas explicações precisas, os médicos já estavam esperando prontos para atender-me adequadamente quando cheguei ao hospital.

Vocês se perguntam porque lhes conto tudo isto com tanto detalhe demorado... É simplesmente porque quero que todos saibam o que aprendi depois desta terrível experiência.

Passo, então, a resumir alguns pontos:
1. Tenham em conta que seus sintomas, provavelmente, não serão parecidos em nada aos que padecem os homens. Eu, por exemplo, senti a dor no externo e no queixo. Dizem que muitas mais mulheres que homens morrem em seu primeiro (e último) ataque cardíaco porque não identificam os sintomas e/ou os confundem com os de uma indigestão. Então, tomam um digestivo e logo vão para a cama esperando que o mal-estar desapareça durante a noite. Também, porque - por razões culturais - nós, as mulheres, estamos acostumadas a tolerar a dor e o desconforto mais que os homens.. Queridas amigas: Talvez seus sintomas não sejam iguais ao meus, mas, por favor, não percam tempo. CHAMEM a AMBULÂNCIA, se sentem que seu corpo experimenta algo estranho. Cada um conhece o estado natural (normal) de seu corpo. Mais vale uma 'falsa emergência' do que não atrever-se a chamar e perder a vida...

2. Notem que disse 'chamem os Paramédicos/Ambulância'. AMIGAS, o tempo é importante, Além disto, não pensem dirigir nem deixem que seus esposos ou familiares as levem ao hospital. Além de que ninguém está em condições de dirigir sem que os nervos os atraiçoem, seus sintomas podem agravar-se no caminho do hospital e complicar as coisas. Tampouco é recomendável chamar O MÉDICO para que venha à sua casa. Além de perder minutos preciosos, poucos médicos levam em seu carro equipamento 'salva-vidas' necessário nestes casos; a ambulância, sim está totalmente equipada. Principalmente, tem oxigênio que precisarás de imediato.. Em todo caso, o hospital

3. Não acreditem que não possam sofrer um ataque cardíaco porque seu colesterol é normal ou 'nunca tiveram problemas cardíacos'.... Se descobriu que o colesterol por si só (a menos que seja excessivo) raramente é a causa de um ataque cardíaco. Os ataques cardíacos são o resultado de um stress prolongado que faz que nosso sistema segregue toda classe de hormônios daninhos que inflamam as artérias e tecido cardíaco.Por outro lado, as mulheres que estão entrando na menopausa ou já a ultrapassaram, perdem a proteção que lhes brindava os estrogênios, pelo que correm igual risco de sofrer mais problemas cardíacos do que os homens.

Um cardiologista disse que se cada 10 mulheres que conhecemos souberem destas informações, poderemos estar certas de que ao menos UMA vida se salvará. Por isto, seja boa amiga e envia este artigo a todas as mulheres que te são tão queridas...

Mensagem enviada por Raquel Buzzo.

Abreviaturas!!


Em índices e citações bíblicas, é comum o uso de abreviaturas para se referir aos Textos.

Um dos formatos convencionados segue o padrão abaixo:
Os dois pontos (:) separam o capítulo dos versos;
O hífen (-) indica uma faixa contínua de versos;
A vírgula (,) indica uma seqüência não contínua de versos;
O ponto-e-vírgula (;) inicia um novo capítulo do mesmo livro ou não, se seguido de nova abreviação.
Gn 3:2-5 = Gênesis, capítulo 3, versículos 2 a 5.
Lv 1:3,6;2:2-4 = Levítico, capítulo 1, versículos 3 e 6, capítulo 2, versículos 2 a 4.
Mt 1-12;Ap 2:1-7 = Mateus, capítulos 1 a 12, Apocalipse, capítulo 2, versículos 1 a 7


Antigo Testamento
Gênesis - Gn
Êxodo - Ex
Levítico - Lv
Números - Nm
Deuteronômio - Dt
Josué - Js
Juízes - Jz
Rute - Rt
I Samuel - I Sm
II Samuel - II Sm
I Reis - I Rs
II Reis - II Rs
I Crônicas - I Cr
II Crônicas - II Cr
Esdras - Ed
Neemias - Ne
Ester - Et
Jó - Jó
Salmos - Sl
Provérbios - Pv
Eclesiastes - Ec
O Cântico dos Cânticos - Ct
Isaías - Is
Jeremias - Jr
Lamentações - Lm
Ezequiel - Ez
Daniel - Dn
Oséias - Os
Joel - Jl
Amós - Am
Obadias - Ob
Jonas - Jn
Miquéias - Mq
Naum - Na
Habacuque - Hc
Sofonias - Sf
Ageu - Ag
Zacarias - Zc
Malaquias - Ml


Novo Testamento
Mateus - Mt
Marcos - Mc
Lucas - Lc
João - Jo
Atos dos Apóstolos - At
Romanos - Rm
I Coríntios - I Co
II Coríntios - II Co
Gálatas - Gl
Efésios - Ef
Filipenses - Fp
Colossenses - Cl
I Tessalonicenses - I Ts
II Tessalonicenses - II Ts
I Timóteo - I Tm
II Timóteo - II Tm
Tito - Tt
Filemon - Fm
Hebreus - Hb
Tiago - Tg
I Pedro - I Pe
II Pedro - II Pe
I João - I Jo
II João - II Jo
III João - III Jo
Judas - Jd
Apocalipse (Revelação) - Ap

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Por que Jesus me ama?

...Não creio que alguém ainda tenha conseguido apresentar uma resposta que seja, no mínimo, satisfatória, a esta pergunta.
Tentar entender as razões que levam Jesus a me amar é uma questão indecifrável, porém um sentimento é perfeitamente perceptível: “o Teu amor me constrange” - II Co. 5:14.

Por que Jesus me ama?
Eu não posso explicar, pois sou tão inconstante e freqüentemente me encontro nos labirintos das incertezas. Ainda sim Ele aparece como “lâmpada para meus pés” - Sl. 119:105.

Por que Jesus me ama?
Eu não posso explicar, pois sou pecador e indubitavelmente O afronto com minhas infantilidades espirituais. Ainda sim Ele surge como Aquele que “perdoa os pecados e me purifica de toda injustiça” - I Jo. 1:9.

Por que Jesus me ama?
Eu não posso explicar, pois muitas vezes insisto em trilhar caminhos desérticos e distantes. Ainda sim Ele se revela com a promessa de “derramar águas sobre o sedento, e correntes sobre a terra seca” - Is. 44:03.

Por que Jesus me ama?
Eu não posso explicar, pois às vezes no meu intimo quero lutar e desembainhar a espada da ignorância contra meu próximo. Ainda sim Ele me aconselha: “não por força nem poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos” - Zc. 4:6.

Por que Jesus me ama?
Eu não posso explicar, pois de vez enquanto me perco na onda da tristeza e me deixo levar até as profundezas da fraqueza intrínseca à minha existência. Ainda sim sou confrontado, pois “nem altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura me separará do amor de Deus, que está em Cristo Jesus” - Rm. 8:39.

Por que Jesus me ama?
Eu não posso explicar, pois mesmo quando subo no palco da vida e> escuto os aplausos das multidões, às vezes, parece que está tudo errado. Ainda sim Ele me instrui a perceber que “o coração do homem propõem o seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos” Pv. 16:9.

Por que Jesus me ama?
Eu não posso explicar, e tenho certeza que até mesmo vivendo toda a eternidade será pouco para tentar desvendar uma resposta que consiga, ao menos, se aproximar das reais intenções que fazem o coração de Jesus bater no ritmo do amor. Nunca saberei porque Jesus ainda insiste em me amar, porém viverei tentando ser a manifestação deste amor tão incompreensível e desafiadoramente constrangedor.


Enviado por Priscila D'Angelo

Empurrados pelas circunstâncias


A águia empurrou gentilmente seus filhotes para a beirada do ninho. Seu coração se acelerou com emoções conflitantes, ao mesmo tempo em que sentiu a resistência dos filhotes a seus insistentes cutucões!

Por que as emoções de voar tem que começar com o medo de cair? Pensou ela...O ninho estava colocado bem no alto de um pico rochoso. Abaixo, somente o abismo e o ar para sustentar as asas dos filhotes.E se justamente agora isto não funcionar? Ela pensou!

Apesar do medo, a águia sabia que aquele era o momento.Sua missão estava prestes a se completar, restava ainda uma tarefa final: “o empurrão”.A águia encheu-se de coragem.

Enquanto os filhotes não descobrirem suas asas não haverá propósito para a sua vida.

Enquanto eles não aprenderem a voar não aprenderão o privilégio que é nascer águia.O Então, um a um, ela os precipitou para o abismo.E eles voaram!

Às vezes nas nossas vidas as circunstâncias fazem o papel de águia. São elas que nos empurram para o abismo. E quem sabe não são elas as próprias circunstâncias que nos fazem descobrir que temos asas para voar.

VOCÊ PODE IR ALÉM!!!

DEUS ABENÇÕE SUA VIDA!! ;-)


Enviado por Camilade Oliveira Bonfim

Corrigindo a data!!


Olá pessoal, a data da Noite de Talentos é 06/12 tá!!!!

Próximo sábado as 20h na igreja Missionária da Vila Morangueira.

Paty Obrigado por avisar sobre a data incorreta na imagem!

Um abraço a todos
nos encontramos lá!
Késia.

Ao mesmo tempo em que ‘Fireproof’ estoura nas bilheterias, o filme sobre a vida de Billy Graham, ‘Billy: The Early Years’, não alcança o sucesso esperado.Dois anos atrás, Desafiando Gigantes, um filme de baixo orçamento sobre esportes, feito por voluntários na Igreja Batista de Sherwood, na Albânia, Geórgia, atingiu a marca de US$ 10 milhões, sendo que seu orçamento havia sido de US$ 100 mil.Este ano, Sherwood atingiu um sucesso maior quando Fireproof, um filme sobre crise no casamento, feito com orçamento de US$ 500 mil, superou até os US$ 25 milhões levados pelo filme da Big Idea Productions, Jonah: A VeggiTales Movie (Jonah e os Vegetais), de 2002 – na realidade, arrecadou US$ 28.327.659, de acordo com BoxOfficeMojo.com.Mas, enquanto Fireproof atraiu uma grande quantidade de público,Billy: The Early Years, filme sobre Billy Graham, fracassou. Feito com US$ 5 milhões, o filme ganhou apenas US$ 347 mil em suas três primeiras semanas e saiu das salas de exibição. Fireproof alcançou US$ 8.148 por sala em sua semana de abertura; Billy alcançou meros US$ 681.O produtor de Billy, Larry Mortoff, disse que o sucesso de Fireproof, ironicamente, deve ter prejudicado seu filme. “Talvez o mundo cristão consiga absorver um filme cristão por vez, e Fireproof deve ter ocupado esse lugar.” Mortoff disse que sua equipe estava pensando numa estratégia do tipo “segunda onda” de lançamentos teatrais e estava confiante de que se sairiam bem com as vendas de DVD e as negociações para a TV.
Os distribuidores de Fireproof, incluindo a marca cristã Provident e a secular Samuel Goldwyn, creditam o sucesso do filme ao seu apelo a um problema universal (a crise no casamento) e ao fato de que foi produzido por pessoas da igreja, que representam o público-alvo. O filme também foi divulgado no show do Dr. Phil, que dedicou um episódio ao tema “colocando à prova de fogo seu casamento”.O sucesso de Fireproof vai além do próprio filme: The Love Dare (Dia do Desafio), um livro com venda casada, co-escrito pelo diretor Alex Kendrick e seu produtor e irmão Stephen (ambos pastores em Sherwood), vendeu 600 mil cópias em semanas, alcançando o primeiro lugar no ranking dos livros de aconselhamento mais vendidos do The New York Times.
Alex Kendrick diz esperar por um orçamento maior para o próximo filme de Sherwood, embora ele e sua equipe ainda não tenham decidido qual será a história a ser contada.
Com o dinheiro extra, vem o desafio de equilibrar o ministério com a melhora artística – um desafio parcialmente encontrado em Fireproof, no protagonista Kirk Cameron, que praticamente atuou de graça.“Queremos utilizar nossos membros da igreja tanto quanto for possível, mas, ao mesmo tempo, reconhecemos que, de fato, em algum ponto você tem de ir além dos membros da igreja para manter a qualidade da arte”, diz Kendrick.Craig Detweiler, co-diretor do Instituto Reel Spirituality no Seminário Teológico Fuller, diz que os Kendricks descobriram como interagir com um público que não vai muito ao cinema. É porque, diz ele, são pastores que, todo o tempo, trabalham com “pessoas reais e suas lutas do dia-a-dia”.

Copyright © 2008 por Christianity Today International

Fonte: Cristianismo Hoje

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Noite de Talentos


1ª Noite de Talentos da Igreja Missionária da Vila Morangueira,
Venha, convide seus amigos será uma noite
cheia de Talentos
onde teremos oportunidade de falar de Cristo
de forma criativa e moderna
por meio de Louvores,
Teatro,
Dança
e uma abençoada palavra.

Não fique e FORA.

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

O ministério critão!


"O ministério cristão não consiste em pedir a Jesus que se junte a mim em meu ministério, enquanto eu o ofereço aos outros.
Ao invés disto, o ministério cristão consiste em me juntar a Jesus em seu poderoso ministério, enquanto ele se oferece aos outros através de mim!"

Pastor Carlos Alexandre

Comparecer a atos religiosos parece proteger a saúde


Pesquisa aponta: religiosos praticantes têm 20% menos chance de morrer. Cientistas não conseguem encontrar explicação para o fato.
Muitas pessoas acreditam que freqüentar cerimônias religiosas pode ser bom para a vida após a morte. Mas pesquisadores descobriram que isso também pode ser bom para o aqui e agora.
Um novo estudo, que acompanhou a saúde de mais de 90 mil mulheres ao longo de mais de sete anos em média, descobriu que os religiosos praticantes tinham 20% menos chances de morrer do que aqueles que não compareciam às cerimônias.
O assunto foi controverso e os autores do estudo, publicado no “Psychology”, se esforçaram para que isso não parecesse uma ligação entre religião e saúde.
“Não quero ir além do que os fatos nos mostraram, quero ser cuidadoso”, disse o autor responsável, Eliezer Schnall, da Universidade Yeshiva.
Qualquer que seja a explicação, os pesquisadores descobriram uma significativa diferença na taxa de mortalidade entre mulheres que relataram comparecer às cerimônias do cristianismo, judaísmo e outras crenças pelo menos uma vez por semana.
Os pesquisadores utilizaram informações da Iniciativa da Saúde Feminina, um estudo de longo-prazo que examinou mulheres de 50 a 79 anos em 40 localidades pelos Estados Unidos.
Os pesquisadores também buscaram saber se a prática religiosa desempenhava um papel na redução de doenças cardíacas. Embora as descobertas não sustentem a idéia, elas efetivamente mostraram uma taxa de mortalidade mais baixa de todas as causas.
O motivo não está claro, embora estudos mais antigos tenham sugerido que pessoas que participam de fortes redes sociais tendem a ser mais saudáveis. Alguns religiosos também apresentam melhores chances de evitar o tabagismo e o consumo de álcool.
Quem usar as descobertas para abrir um caminho até a igreja, templo ou mesquita, devem observar que os pesquisadores não ofereceram a resposta para uma pergunta: qual religião tem os membros mais saudáveis.



(Fonte: G1)

Pastores segundo o coração de Deus!!


Mensagem vinda fresquinha da conveção para você.
A mensagem foi dirigida para pastores mas serve para todos nós!!

Pastores segundo o coração de Deus não tem medo das adversidades eles tiram VANTAGEM delas!
  • As adversidades são oportunidades para desenvolvermos nossa Paciência! Rm 5.3
  • As adversidades são oportunidades para desenvolvermos Experiência! Rm 5:3-4
  • As adversidades são oportunidades para desenvolvermos Expectativas! Rm. 5:3-4
  • As adversidades são oportunidades para desenvolvermos Aprovação! Rm 5:3-4
  • As adversidades são oportunidades para desenvolvermos Identificação!
  • As adversidades são oportunidades para desenvolvermos Autoridade!
  • As adversidades são oportunidades para gerar em nós Maturidade! Tg 1:2 e 4
  • As adversidades são oportunidades para gerar em nós Persistência! Tg1:2-3

Seja alguém segundo o coração de Deus sempre!

Deus os abençoe,


Que Convenção Nacional tivemos...
foi um renovo impar para mim...

"Se algo que você deseja fazer não contraria a Bíblia
FAÇA!"

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Exemplo!


“Muitas vezes as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas. Perdoe-as assim mesmo.
Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta, interesseiro.
Seja gentil assim mesmo.
Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros.
Vença assim mesmo.
Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo.
Seja honesto assim mesmo.
O que você levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora para outra.
Construa assim mesmo.
Se você tem paz, é feliz, as pessoas podem sentir inveja.
Seja feliz assim mesmo.
Dê ao mundo o melhor de você, mas isto pode nunca ser o bastante.
Dê o melhor assim mesmo.
“Veja você que, no final das contas, é entre você e Deus, nunca entre você e as outras pessoas”.

Madre Tereza de Calcutá

quinta-feira, 20 de novembro de 2008


O artigo em apreço não tem por objetivo traçar perfil de algum pregador famoso, mas sim alertar contra os mercenários vestidos de ovelhas que andam em nosso derredor. Que possamos tomar o cuidado de que os nossos nomes não estejam no rol de membros do conselho de animadores de auditório! É tempo de tomarmos posição, pois daqui a pouco não acharemos quem pregue a Palavra, mas sobrarão aqueles que buscam entretenimento para o povo. Como identificar um animador de auditório? Abaixo estão algumas características nada virtuosas desses pregoeiros do triunfalismo utópico.

01. Os animadores de auditório amam a popularidade.
Ter nomes em camisetas, em placas de denominações, ser cogitado por várias igrejas e ter agenda impossível de ser cumprida, eis o sonho de todo animador de auditório. Querem popularidade, fama, glória! Para isso foi chamado o pregador do evangelho? Esse deve ser o objetivo daqueles que dizem seguir o humilde Nazareno? Fama e muitos seguidores é sinal de aprovação divina? É claro que não!Alguém logo argumenta:- Ora, Jesus foi um homem popular em sua época! Mas é bom lembrar que Jesus não buscava popularidade, ele buscava almas! Jesus, mediante muitos de seus milagres dizia ao beneficiado que não contasse nada a ninguém. Quem foi o único homem digno de glória senão Jesus, mas ele “aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens” (Fp 2.7). Quis o manso Filho do Homem nos dar o exemplo!Apesar da grande popularidade de Cristo, nos seus momentos de explosão de milagres, ele amargou o desprezo dos amigos e discípulos durante o caminho do Gólgota. Como bem havia profetizado o profeta messiânico: “Era desprezado e o mais indigno entre os homens, homem de dores, experimentado nos trabalhos e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum” (Is 53.3).

02. Os animadores de auditório são usuários do marketing pessoal.
Certo dia vi um cartaz na igreja em que estava: “Pregador Fulano de Tal, Conferencista, em suas reuniões acontece batismos no Espírito Santo, curas divina, libertações, bênçãos, mas tudo pelo poder de Deus”! Seria cômico se não fosse trágico, pois usa de uma falsa modéstia para falar que todas essas bênçãos, promotoras do seu marketing pessoal, que acontecem simplesmente pelo poder de Deus. É claro que um cartaz bem elaborado como esse, serve para fazer promoção de alguém que quer evidência. Podemos fazer propaganda de milagres? Tornar o poder de Deus algo sujeito a nossa manipulação? Determinar o dia em que um milagre vai acontecer? Isso é o dom da fé ou o mercantilismo da fé?
O animador de auditório fala muito de si mesmo, diz ele: “Eu fiz isso, eu fiz aquilo; no meu ministério acontece isso, acontece aquilo; aqui eu faço e acontece”. Sempre há muita arrogância e busca de auto-promoção. Esse animador é sempre o grande ungido que não pode ser contestado.

03. Os animadores de auditório desprezam a pregação expositiva.
Pregar sobre uma passagem bíblica de maneira profunda, bem estudada e pesquisada, além de levar os ouvintes a reflexão. Eis algo que os animadores de auditório abominam! Dizem logo que não precisam de esboços, pois o Espírito Santo revela. Ora, o Espírito Santo é limitado em expressar a sua vontade por meio de um esboço? O que esses animadores não querem admitir é que a pregação expositiva impede o seus teatrinhos, pois a centralidade é em torno da Palavra. Além disso, um sermão expositivo exige tempo e bom preparo, algo descabido na era dos descartáveis e das comidas-rápidas. Bem cantou o salmista: “A exposição das tuas palavras dá luz e dá entendimento aos símplices”(Sl 119.130).

04. Os animadores de auditório desprezam o ensino e o estudo da Palavra.
Como pode alguém dizer que foi chamado para o ministério pastoral se não tem apreço para o ensino. Pastor não foi chamado para cantar, construir templos, fazer campanhas sociais, tudo isso é bom, mas a principal missão do pastor é ensinar o seu rebanho. Já dizia o apóstolo Paulo ao jovem pastor Timóteo: “seja apto para ensinar”(I Tm 3.2). O ensino exige aprendizado. Aquele que ensina deve-se dedicar ao ensino (Rm 12.7). Escreveu o professor James I. Packer: Despreze o estudo de Deus e você estará sentenciando a si mesmo a passar a vida aos tropeções, como um cego, como se não tivesse nenhum senso de direção e não entendesse aquilo que o rodeia. Deste modo poderá desperdiçar sua vida e perder a alma.
O pregador não pode fugir da responsabilidade de trazer conteúdo bíblico aos seus ouvintes, como disse Paulo: “Pregues a Palavra, instes a tempo e fora de tempo. Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade” (II Tm 4.2, 15).

05. Os animadores de auditório desprezam temas relevantes em suas pregações.
Você já foi em um grande congresso, onde esses animadores de auditório comparecem, cujo tema era “O fruto do Espírito” ou “A Santíssima Trindade”? Mas certamente você já foi em eventos que os verbos mais conjugados foram: receber, vencer, poder, ganhar, conquistar, sonhar, triunfar etc?! Infelizmente os temas essenciais da Bíblia são desprezados nos púlpitos. Onde estão aquelas pregações sobre o “caráter cristão”, “a graça de Deus”, “o céu e inferno”, “a justificação pela fé”, “a mortificação da carne”, “o preparo para um encontro com Deus” etc? Logos os animadores dizem: “Isso é tema para Escola Dominical”, mas eles nunca vão a Escola Bíblica Dominical! E quem disse que pregação não deve conter o temas essenciais da fé cristã?Para pregar os temas relevantes da fé cristã é preciso manejar bem a Palavra da Verdade e ser como Apolo, “varão eloquente e poderoso nas Escrituras” (Atos 18.24). Mas não basta somente boa oratória, eloquência e experiência em homilias, é necessário acima de tudo dominar as Escrituras, ser “instruído no caminho do Senhor” e ser “fervoroso de espírito”, sendo assim, o pregador vai falar e ensinar com diligência “as coisas do Senhor”(Atos 18.25), assim como Apolo. John Stott escreveu: O arauto cristão sabe que está tratando de assunto de vida ou morte. Anuncia a situação do pecador sob os olhos de Deus, e a ação salvadora de Deus, através da morte e ressurreição de Cristo, e o convida ao arrependimento e à fé. Como poderia tratar tais temas com fria indiferença?
A partir do momento em que os pregadores esquecem o tema principal do evangelho, eles desprezam o próprio Senhor da Palavra. Quando desprezam o verdadeiro Deus passam a adorar o falso deus da teologia da prosperidade: Mamon! Isso acontece quando as doutrinas centrais do cristianismo são desprezadas.

06. Os animadores de auditório despertam o emocionalismo.
O emocionalismo é ser guiado e orientado pelas emoções. A emoção é parte importante do culto cristão, pois nós, os seres humanos, somos emocionais e também racionais; o grande problema é que os animadores valorizam excessivamente a emoção em detrimento da razão. Os animadores chegam a afirmar que as pessoas não precisam compreender aquilo que acontece em suas reuniões ou dizem para que os cultuantes não usem a mente. Outros, mais ousados, ameaçam sua platéia dizendo que Deus condena os incrédulos, com se ter senso crítico fosse incredulidade. A Bíblia adverte contra a credulidade cega, que não analisa e vê, baseado nas Escrituras, aquilo que está engolindo (I Jo 4.1). Os animadores de auditório não gostam de uma platéia que pense!

07. Os animadores de auditório pregam um deus mercantilista.
Para os animadores Deus é obrigado a agradar os seus bons meninos dizimistas e ofertantes. A base do relacionamento com Deus é na troca: “Eu vou dar o dízimo para Deus me dar uma casa ou vou fazer uma grande oferta para arranjar uma linda noiva”. Ora, vejam com Deus é visto nos pensamento dos animadores, como um grande comerciante, melhor inclusive que aplicação na bolsa de valores.
Quão miserável é essa espiritualidade mercantilista, onde o dinheiro é visto com mediador entre o homem e Deus; onde a “divindade” faz trocas com homens materialistas. Ó quão miserável e podre doutrina dos animadores de auditório! Mas quão maravilhosa é a visão bíblica do Altíssimo, um Deus de amor que nos transmite graça sendo nos ainda pecadores, e que nos livra do pecado e da morte e nos dá uma nova vida em Cristo!

08. Os animadores de auditório amam títulos.
Apesar do horror pelo estudo bíblico, os animadores gostam do título de Doutor em Divindades, que pode ser comprado por dois mil dólares em falsas faculdades nos Estados Unidos e no Brasil, mas só que na América de cima é mais chique! Ora, como alguém se torna doutor em apenas seis meses? (eis um rolo gospel do diploma)
Isso mostra que os animadores não estão preocupados com um estudo aprofundado das Escrituras ou até mesmo na trilha de uma carreira acadêmica, o que eles amam na verdade é os títulos. Hoje proliferam os auto proclamados bispos, profetas, apóstolos, arcanjos e daqui a pouco: semi-deus ou vice-deus. Mas é melhor não dar idéia.

Importado do
Blog do Pr. Ilton: Estudos e mensagens

O bezerro e o caminho!



Um dia, um bezerro precisou atravessar a floresta virgem para voltar a seu pasto. Sendo animal irracional, abriu uma trilha tortuosa, cheia de curvas, subindo e descendo colinas...

No dia seguinte, um cão que passava por ali, usou essa mesma trilha torta para atravessar a floresta.

Depois foi a vez de um carneiro, líder de um rebanho, que fez seus companheiros seguirem pela trilha torta.

Mais tarde, os homens começaram a usar esse caminho: entravam e saíam, viravam à direita, à esquerda, abaixando-se, desviando-se de obstáculos, reclamando e praquejando, até com um pouco de razão...Mas não faziam nada para mudar a trilha.

Depois de tanto uso, a trilha acabou virando uma estradinha onde os pobres animais se cansavam sob cargas pesadas, sendo obrigados a percorrer em três horas uma distância que poderia ser vencida em, no máximo, uma hora, caso a trilha não tivesse sido aberta por um bezerro.

Muitos anos se passaram e a estradinha tornou-se a rua principal de um vilarejo, e posteriormente a avenida principal de uma cidade.

Logo, a avenida transformou-se no centro de uma grande metrópole, e por ela passaram a transitar diariamente milhares de pessoas, seguindo a mesma trilha torta feita pelo bezerro... centenas de anos antes...

Os homens tem a tendência de seguir como cegos por trilhas feitas por pessoas inexperientes, e se esforçam de sol a sol a repetir o que os outros já fizeram.

Contudo, a velha e sábia floresta ria daquelas pessoas que percorriam aquela trilha, como se fosse um caminho único... Sem se atrever a mudá-lo.


Querido(a) leitor(a) muitas vezes estamos agindo desta forma, seguindo por caminhos que nos levarão ao fracasso, frustração. Caminhos que nos fazem cansar e até mesmo pensar em desistir.

Minha pergunta para você nesta semana é: quem abriu o caminho que você está seguindo? Estamos chegando ao final de mais um ano, e, é momento de refletirmos sobre nossas realizações, fracassos, decisões, momento de olharmos para o caminho que seguimos ao longo do ano, ficarmos felizes com nossos acertos e corrigirmos os nossos erros. É momento de planejarmos o próximo ano e diante disto gostaria de lhe dar um conselho: não faça como as pessoas de nossa ilustração, não siga um caminho cego, siga o conselho de um velho pastor de ovelhas, Davi disse: "Entrega o teu caminho ao Senhor, confia Nele e tudo o mais Ele fará" Salmos 37:5

Deus conhece o caminho, os obstáculos, a melhor direção a ser seguida, se você abrir o coração e deixa-lo guiar você, com certeza o caminho se tornará suave, tranqüilo e cheio de conquistas.

Deus te abençoe, tenha uma ótima semana.


Pr. Isaque Roberto

Sem-religião, crescimento silencioso.

Cientistas da religião, sociólogos e analistas chamam a atenção, calcados nos dados do Censo de 2000, para o crescimento dos evangélicos no Brasil, de modo particular as denominações pentecostais e neopentecostais. No entanto, em termos percentuais, o crescimento mais vertiginoso das últimas décadas é o de brasileiros e brasileiras que se declaram sem religião.

Se evangélicos duplicaram sua membresia de 1980 para 1991, e dos anos 90 do século passado para o início do milênio, somando hoje 15,4% de uma população estimada em 169,7 milhões de pessoas, em 2000, os sem-religião representavam 7,3%. Em 1940, quando os evangélicos eram 2,6% da população, os sem-religião não passavam de 0,2%, um crescimento superior a 3 mil por cento em 60 anos.

Curiosamente, o Rio de Janeiro congrega o maior contingente de pessoas que se declararam sem religião no Censo 2000 – 15,76% - e é, também, o Estado com o menor número de católicos – 59,19%, quando no país esse percentual é de 73,3%. O Rio de Janeiro é o quarto Estado com o maior número de evangélicos - 13,3%. O Estado mais evangélico do Brasil é Rondônia, seguido do Espírito Santo e Roraima.

Palmas, em Tocantins, é a capital com o maior contingente de evangélicos, segundo o Censo de 2000: 24,51% da população. Seguem, depois, Rio Branco (23,57%), capital do Acre; Boa Vista (23,15%), capital de Roraima; Goiânia (23%), capital de Goiás; Vitória (22,18%), capital do Espírito Santo; Manaus (22,18%), capital do Amazonas; e Porto Velho (21,98%), capital da Rondônia.

Fonte: ALC Notícias

Jogos com temática bíblica.


A National Geographic anuncia nesta terça-feira (18) sua entrada no mercado de games. A idéia é transformar o conteúdo produzido para revistas, TV e sites em games para PCs, consoles e aparelhos móveis.

O primeiro título, disponível para computadores e o iPhone, é “Herod’s Lost Tomb”, um jogo de busca por objetos perdidos produzido com base em uma reportagem da edição de dezembro da revista e um programa de TV sobre o rei Herodes, descrito na Bíblia como um rei sanguinário.

Segundo os Evangelhos, ao saber do nascimento de Jesus Cristo, Herodes mandou assassinar todos os meninos com menos de dois anos na cidade de Belém. O rei pretendia com isso eliminar o “rei dos judeus” que teria nascido naquele local.

A organização está trabalhando com a Namco Bandai Games America e a Sony Computer Entertainment para produzir e distribuir games para videogames como Wii e PlayStation 3.
Ainda neste mês deve ser lançado o game “National Geographic: Panda” para o console portátil Nintendo DS –o jogo é semelhante ao “Nintendogs”, em que o objetivo é criar um cachorro da melhor maneira possível, o que inclui brincadeiras, banhos, afagos e alimentação.
O projeto será administrado pela National Geographic Ventures, uma unidade da National Geographic Society, organização sem fins lucrativos.
(Fonte: Folha Online)

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Zé Roberto pode virar pastor evangélico



O meia brasileiro Zé Roberto, do Bayern de Munique, cogita a possibilidade de estudar teologia após abandonar o futebol, para se tornar pastor evangélico.
“Penso em me tornar pastor depois da minha carreira. Descobri que teria que estudar teologia durante quatro anos. Seria algo que realmente me completaria”, disse o brasileiro, de 34 anos, em entrevista publicada hoje pela revista “Sport Bild”.
Zé Roberto tem contrato com o Bayern até o fim desta temporada, e, em princípio, pretendia deixar o clube alemão para jogar mais um ano no Brasil ou em Portugal e depois encerrar a carreira.
No entanto, na entrevista à “Sport Bild”, o ex-jogador de Portuguesa, Flamengo, Santos e da seleção brasileira, deixa aberta a possibilidade de ficar no Bayern, caso seus companheiros peçam e se for “a vontade de Deus”.
“Se toda a equipe me pedir, e Deus também me disser que esta é a decisão correta, então não tenho outra escolha. Ficarei, se essa for a vontade dele”, disse Zé Roberto.


(Fonte: Yahoo! Notícias)

Arqueólogos encontram igreja de 1.300 anos de antiguidade na Síria


Uma equipe de arqueólogos sírios e poloneses descobriu uma igreja de 1.300 anos de antiguidade em Palmira, no leste da Síria, que acredita-se ser a maior encontrada na região, informou na quinta (13) a agência de notícias oficial “Sana”.
O diretor de Museus e Ruínas de Palmira, Walid Assad, afirmou que o templo, com dimensões de 47 metros de comprimento, 27 de largura e seis de altura, tinha um pátio amplo, rodeado por seis colunas, três em cada lado, que levavam a corredores que acabavam na fachada do mesmo.
Assad explicou que, no pátio da igreja, há um pequeno anfiteatro, que era dedicado a rituais e cerimônias cristãs, enquanto em torno do templo há dois quartos que eram empregados para efetuar batismos e outros rituais.
Segundo o diretor do museu, o santuário permaneceu ativo durante a dinastia Omíada (661-750 d.C.) e, mais tarde, foi substituído por igrejas menores.

(Fonte: Yahoo! Notícias)

Templo de deusa Artemis será reconstruído!

Está em marcha um ambicioso plano de restauração do templo de Ártemis em Éfeso, também chamado Artemision, uma das sete maravilhas do mundo antigo. Após décadas de vandalismo e de destruição motivada pelo fanatismo religioso, o sacro e magnificente edifício será agora reconstruído.


Dr. Atılay İleri, o fundador da Fundação de Cultura, Arte e Educação de Ártemis, encontrou-se com o Dr. Anton Bammer do Instituto de Arqueologia da Universidade de Viena, na Áustria, há dez anos atrás enquanto o Dr. Bammer estava chefiando uma série de escavações na área. Durante este período, especialistas procuraram pelas técnicas de como reconstruirem Artemis.


Foi nesse encontro que os dois começaram a reconstrução do magnífico templo de Artemis. Com o apoio dos cientistas austríacos, İleri teve arquitetos suíços preparando um plano para a reconstrução do templo. İleri, que sonhou na reconstrução do templo por dez anos, disse: “Quando completado, o templo não será uma cópia ou imitação da Artemis original mas a própria Artemis. E suas irmãs do passado irão olhar para ela com orgulho e inveja”.


O templo original de Ártemis tinha 120 colunas; 36 delas estavam colocadas em círculos cúbicos. Se for completado, o novo templo será o terceiro da História dedicado a Ártemis. O seu tamanho será o do original. Na sua reedificação, usar-se-á um total de 25 mil metros cúbicos de mármore, o material original de Ártemis. Sessenta das 120 colunas do novo templo terão placas de base.
Com o intuito de encontrar as melhores esculturas para adornar o templo restaurado, realizar-se-á um sorteio para formar um comité de seleção escolhido entre os representantes dos 196 países da ONU. Cada um dos representantes selecionados escolherá dois escultores da nação que representa. Os escultores selecionados irão então participar em palestras e cursos dirigidos pela Fundação de Cultura, Arte e Educação de Ártemis. Os escultores irão começar por trabalhar nas bases cúbicas das colunas, com esculturas que serão inspiradas em dois lemas atribuídos a Heráclito de Éfeso: “A guerra é o pai de tudo” e “Tudo flui, nada permanece”.


Um júri internacional irá, então, escolher duas esculturas de entre todas as peças produzidas por artistas para colocação no templo. Uma das esculturas vencedoras será exposta num dos círculos cúbicos e a outra será exibida no pátio do templo.A Fundação de Cultura, Arte e Educação de Ártemis surgiu em Selçuk, Turquia, em setembro de 2007. A sua missão é reconstruir o templo de Ártemis. O custo do projeto está calculado em torno de 150 milhões de dólares.
O templo original foi financiado pelo rei lídio Karun, no século VII a.C. e dedicado a Ártemis, filha de Zeus e de Leda, irmã de Apolo, Deusa helénica da Floresta, das colinas, da virgindade e da fertilidade.


Fonte: Brasil Wiki (por betoquintas)/ Voice Newspaper
Projeto Cataratas

Você não pode ficar de fora desta missão.

Estaremos desenvolvendo um trabalho missionário na cidade de Foz do Iguaçu, onde atenderemos 2 de nossas igrejas. Lá desenvolveremos evangelismo nas ruas e bairros, reforma das igrejas, apresentações evangelisticas, cultos, cursos (culinária, pintura, artesanato), visitas hospitalares e muito mais.
Serão diversas atividades e com certeza você poderá estar desenvolvendo seu dom em algumas delas.

Como você pode participar?
  • Indo e participando efetivamente das atividades desenvolvidas;
  • Caso você não possa ir, abençoe alguem que queira e esteja disponível para ir e não tem recusrsos;
  • Doe materiais; são diversas necessidades; (construção, reforma, pintura...)

De uma forma ou de outra você poderá fazer parte deste projeto!


Nota de Esclarecimento!!!

Por que Eva comeu a Maçã!

No início, Eva não queria comer o fruto proibido...

- Come - disse a serpente - e serás como os anjos!

- Não! - respondeu Eva.

- Terás o conhecimento do Bem e do Mal - insistiu a víbora.

- Não!

- Serás imortal.

- Não!

- Serás como Deus!

- Não, e não!

A serpente já estava desesperada e não sabia o que fazer para que a Eva comesse. Até que teve uma idéia.

Ofereceu-lhe novamente a fruta e disse:

- Come que emagrece!

Aí lascou!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Se não quiser Adoecer!

Se não quiser adoecer – “Tome decisão”
A Pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angustia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões. Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vitimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.

Se não quiser adoecer – “Busque soluções”
Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor é acender o fósforo que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia negativa que se transforma em doença.

Se não quiser adoecer – “Não viva de aparências”
Quem esconde a realidade finge, faz pose, quer sempre dar a impressão que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho etc., está acumulando toneladas de peso... uma estátua de bronze, mas com pés de barro. Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas. São pessoas com muito verniz e pouca raiz. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.

Se não quiser adoecer – “Aceite-se”
A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima, faz com que sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.

Se não quiser adoecer – “Confie”
Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança, não há relacionamento. A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus.

Se não quiser adoecer – “Não viva sempre triste”
O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive. “O bom humor nos salva das mãos do doutor”. Alegria é saúde e terapia.

Dr. Drauzio Varela.


"Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o impío o seu caminho, e o homem maligno, os seus pensamentos e se converta ao Senhor, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar." Isaias 55:6,7

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Isso é ser chato?!


Devo ser muito chato por não gostar nem de ouvir falar desse pessoalque assume titulo de "profeta" e "apostolo".
Devo ser muito chato por não aceitar essa coisa de tomar posse, declarar, decretar, rejeitar, determinar, restituir.
Devo ser muito chato por não admitir o G12 nem pintado de célula ou coisa que o valha.
Devo ser muito chato por ser contra a teologia da prosperidade e o triunfalismo.
Devo ser muito chato por abominar a lei da semeadura financeira.
Devo ser muito chato por ofertar na igreja sem esperar dinheiro em troca.
Devo ser muito chato por detestar o movimento judaizante de São Cristovão.
Devo ser muito chato por não me importar que me chamem de "frio".
Devo ser muito chato por ficar com cara feia quando esculto heresias.
Devo ser muito chato por não ficar emocionado com mais pregações sobre vitória, vitória e vitória "nesta noite".
Devo ser muito chato por me sentir desmotivado de vez em quando.
Devo ser muito chato por não apreciar esse negocio de igreja compropósito.
Devo ser muito chato por não ser fã de pregadores e nem cantores.
Devo ser muito chato por entender que certos "missionário" prega um anti-evangelho com sua cofissão positiva.
Devo ser muito chato por entender que certos "bispos"não são nem cristãos.
Devo ser muito chato por acreditar que a igreja não deve lançar políticos com interesse no favorecimento próprio.
Devo ser muito chato por considerar que pastor é dom, e não título de carreira.
Devo ser muito chato por não engolir aquelas"profetadas"genericas do tipo "Deus tem uma grande obra em sua vida" ou "tem gente aqui com dor na coluna".
Devo ser muito chato por ficar entediado com aqueles cultos enormes que servem para que todo mundo tenha a oportunidade de cantar na frente.
Devo ser muito chato por gostar de interpretar a Bíblia com fé e racionalidade ao mesmo tempo, tudo junto.
Devo ser muito chato por não aceitar que me façam de burro ou depalhaço.
Devo ser muito chato por ficar com a Bíblia e não com os homens.
Devo ser muito chato por compreender aqueles irmãos que estão sem igreja.
Devo ser muito chato por escrever estas coisas para que todo mundo veja.
Devo ser muito chato por anunciar o evangelho e denunciar o pecado.
Devo ser muito chato por desprezar livros de auto-ajuda disfarçado de evangélicos.
Devo ser muito chato por valorizar o estudos e a leitura, ainda que seja cansativo também para mim.
Devo ser muito chato por saber que sou chato e continuo chateado.
Devo ser muito chato por ter convicção de que este texto chato edificou alguém.


Alex Esteves R. de Souza

terça-feira, 11 de novembro de 2008




Segue abaixo os links para download da Bíblia NVI em Português (PDF).




Leia e compartilhe!!!

Creia!



Decida em seu coração, não fazer nada que não requeira fé. Tudo o que não provém da fé é pecado (Romanos 14.23)!
Um princípio vitorioso é decidir jamais assumir algo que você não tenha que pedir as bênçãos de Deus. Independência de Deus conduz a derrota!

Existem três níveis em nossa maneira de crer:
O primeiro é quando cremos que Deus é por nós. É o conhecimento que Ele faz “coisas” ao nosso favor.
O segundo é a postura de crer que Deus está conosco. Neste caso, o nível é mais profundo. Ele mesmo caminha conosco.
Mas existe um terceiro que o nível onde cremos que Deus nos habita. É a convicção que Deus está em nós.

Qual nível sua fé está? Sua fé é aquela que apenas crê que Deus faz alguma coisa por você? Ou sua fé já passou para o nível que Deus caminha ao seu lado?O nível que Deus anseia que cheguemos é o nível de crermos que Deus habita em nós! Quando Cremos assim, como nos informa o Salmo 56.9, os nossos inimigos se retrocedem ao clamarmos a Deus por socorro. E é assim que sabemos que Deus está “em nós” lutando ao nosso favor.

Creia! Use sua fé e acolha apenas aqueles pensamentos que contribuem para fortalecê-la! Permita em sua mente apenas pensamentos que estão de acordo com a Palavra de Deus e com a vontade Dele para a sua vida.

Agostinho afirmou: 'Não busque compreender para que possas crer, mas creia para que possas compreender'.
Sua fé é que determina o alcance do poder de Deus. A maioria das pessoas espera pouco de Deus, pede pouco, recebe pouco, e está satisfeita com pouco. Não seja uma pessoa assim! Crer não é procurar acreditar em algo independentemente de sua comprovação;

Crer é ousar fazer algo independentemente das conseqüências.

Demonstre que você crê! Faça! Lembre-se disto, Deus nos concedeu a capacidade de viver de pé, para que pudesse olhar para os céus e crer nas possibilidades divinas! Não espere que as condições sejam perfeitas para crer!
Creia agora! Se esperar as condições favoráveis isso sempre o limitará. Se esperar até as condições estarem cem por cento, jamais obedecerá a Deus.
Decida obedecer hoje! A Bíblia declara em Isaías 1.19: 'Se vocês estiverem dispostos a obedecer, comerão os melhores frutos desta terra.' Quem não ousa realizar nada, não pode esperar receber nada. Ao mantermos Deus do lado de fora, confirmamos que alguma coisa está errada do lado de dentro. Deus nunca permitirá que tenha que enfrentar algo de que você e ele juntos não possam dar conta.
Por isso minha palavra a você é esta:

'Creia em Deus - faça o que Deus lhe mandou fazer'.


Pastor Jacó Vieira

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Hillsong no Brasil!!

Sobre Hillsong: http://www.hillsong.com/
Sobre Darlene Zschech: http://www.darlenezschech.com/
Sobre Aline Barros: http://www.alinebarros.com.br, www.louvorsemfronteiras.org.br

Sobre Eyshila: http://www.eyshila.com.br/
Sobre Toque no Altar: http://www.toquenoaltar.com.br/

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Vamos encerrar o assunto Namoro?


Princípios para um Namoro Cristão III

Como Continuar um Namoro Cristão?


O interesse deve estar voltado para a personalidade da pessoa, a parte imaterial. É importante que isso esteja bem claro na mente dos namorados.
O interesse deve ser estabelecido na parte espiritual da pessoa, não em seu corpo físico, não no dinheiro que o outro tem, não no carro, na casa, na popularidade, na beleza, etc. A parte espiritual é a mais importante sobre todas.

Mais uma vez: quanto mais próximos estiverem de Deus, mais próximos estarão um do outro. O contrário também é verdadeiro: quanto mais longe estiverem de Deus, mais longe ficarão um do outro.


Reconheça que cada cristão é chamado de propriedade particular, pessoal, peculiar de Deus (1Pedro 2.9).
O namorado que não respeita tal fato está desrespeito os princípios de Deus e desrespeitando o próprio Deus, bem como a pessoa, a família dela, a Palavra de Deus e o futuro casamento.


Evitar contato físico exagerado.

Todo namorado gosta de receber um carinho, beijos e abraços. Porém, deve-se parar por aqui. Procure a todo custo evitar continuar os avanços físicos, como tocar em outras partes do corpo da moça, por exemplo. Isso pode provocar desejos sexuais que não pode ser satisfeito devidamente antes do casamento (1Tessalonicenses 4.3-8; 1Coríntios 7).


Existem condições onde a frequência de visitas deve ser limitada. Isso exige paciência por parte de ambos. Algumas vezes a saúde, doença, serviço militar, estudos, trabalhos, deveres pessoais impedem que estejam juntos. Sejam pacientes nessas horas.


Cautela com o modo de vestir, cautela em sua conversa, cautela em seu comportamento e mesmo nos gestos. Lembre-se de semear um ambiente agradável em que vale a pena estarem juntos.


Evitar ficar sozinhos em ambientes fechados e por muito tempo. Procure estar em atividades com outros jovens, ou seja, procure envolver seus amigos em suas atividades.


Qual o Perigo de Acariciar?


Mata a espiritualidade de ambos os namorados.
Pode fazer com que fiquem cegos para os valores verdadeiros, as virtudes de cada um.
Pode fazer com que abaixem os padrões da moralidade.
Pode conduzir para a realização do ato sexual não permitido por Deus antes do casamento.
Pode conduzir para depravação, destituição da dignidade.
Pode conduzir para o desenvolvimento de um desejo de satisfação não natural.
Pode causar frustração e nervosidade.
Pode conduzir para um casamento errado, com a pessoa errada.
Pode conduzir para contrair doenças.
Pode conduzir ao desrespeito mútuo.

Conselhos Práticos


Nunca case com alguém que não seja cristão (2Coríntios 6.14-18; Amós 3.3).
Ore para a escolha de Deus (Salmo 37.5; Provérbios 3.6).
Evite casar sob pressão (Romanos 12.1-2). Não case pensando que sua vida se endireitará depois do casamento. Não case com alguém pelo qual não tenha respeito.
Não case cedo demais ou de repente (Tiago 1.4-5). Procure ver sua relação com Deus, os hábitos da pessoa, os pais, o modo de vida.
Não case tendo uma perspectiva errada do sexo (Gálatas 5.16-25). Alguns casam para desfrutar do sexo, mas casamento não é apenas sexo, muito mais está envolvido.

Casamento é para sempre, ou seja, "até que a morte os separe" (Gênesis 2.24; Romanos 7.1-3; Mateus 19.6).

FIM

Vamos Continuar falando de Namoro?


Princípios para um Namoro Cristão II

Como Começar um Namoro Cristão?

Alguns aspectos são importantes para um começo no namoro cristão. Geralmente não sou de estabelecer uma idade certa para alguém namorar. Antigamente isso era o costume, hoje com o decorrer dos tempos e uma mudança na cultura não se faz mais tal coisa. Porém, ainda assim, existem pais que estabelecem uma determinada idade para que seus filhos venham a poder namorar. Eu creio que isso é benéfico e sábio por parte dos pais, mas não uma exigência. Vejamos alguns requisitos importantes para se começar um namoro:


Salvação. Ambos os jovens ou adultos devem ser verdadeiramente salvos, ou seja, ambos já devem ter aceitado a Jesus Cristo como seu único Senhor e Salvador pessoal (João 3.16; Lucas 19.10; Romanos 10.9-10).


Maturidade física e Espiritual. Não devem ser crianças, pois maturidade é importante e essencial no relacionamento entre duas pessoas (Efésios 4.13; 1Coríntios 14.20).


Comunhão com Deus. Primeiramente Deus deve estar sendo uma fonte de luz em sua vida, uma fonte de vigor espiritual. Se não tiver comunhão com Deus, nunca será abençoado em qualquer tipo de relacionamento (1João 1.6-7).

Permissão dos pais. Ambos os pais dos pretendentes devem estar de acordo com o namoro. Isso demonstra confiança e honra dos filhos para com seus pais. Um namoro onde os pais não apóiam, geralmente resulta em muitas dificuldades. Isso não significa que os pais são a autoridade final no namoro, significa que estão querendo a bênção paterna para o relacionamento.


Apoio do seu pastor. Isso é importante e muitas vezes negligenciado pelos cristãos. O pastor de ambos deve apoiar e dar sua bênção. Pode ser que pastor veja coisas que eles não estão vendo e por isso é importante receber o apoio, o conselho deste servo de Deus.


Comunicação e visitas. Deve-se procurar estabelecer um determinado ritmo nas visitas por parte do rapaz à casa da moça. É claro que não todos os dias. Estabelecer uma boa comunicação entre ambos.


Confiança dos pais. No decorrer do namoro, deve procurar ganhar e manter a confiança dos pais. Verificar como é a relação entre a pessoa e seus pais. Procurar ser sensível para qualquer mudança.

continua...

Meu mestre música de Lazaro

Vamos falar em Namoro?



Princípios para um Namoro Cristão

Namorar todo jovem quer, mas como fica os princípios de Deus num namoro cristão? Como devem se comportar, agir e continuar um namoro dentro das bênçãos de Deus?

O namoro cristão é uma preparação. Um período extremamente importante na vida de dois jovens cristãos e de muitas responsabilidades. Representa um período de transição entre dois jovens ou adultos, um homem e uma mulher, crentes no Senhor Jesus Cristo, sendo que ambos devem ter um bom nível de maturidade. Ambos mantém um bom ritmo de comunicação, sendo através deste relacionamento orientados e preparados por Deus para um futuro casamento. Namoro cristão deve sempre visar o casamento. Um namoro que não tem como alvo um futuro casamento, sequer deve ser iniciado.


Embora o desejo seja que ambos se tornem íntimos em seu relacionamento, isso não quer dizer liberdade no aspecto físico e muito menos liberdade sexual entre o casal de namorados. A relação sexual está destinada a ser desfrutada apenas entre pessoas devidamente casadas (Hebreus 13.4; Gênesis 2.24; Cantares de Salomão 4.12; 1Tessalonicenses 4.3-5; Colossenses 3.5-6; 1Coríntios 6.15-20; 1Timóteo 5.22; 2Timóteo 2.22).


Este é um período de conhecimento mútuo, conhecimento da alma, do coração, nunca do físico um do outro. O aspecto físico está destinado para depois do casamento. Portanto, exige disciplina própria, vigilância constante. É um tempo onde se obtém oportunidade de duas personalidades diferentes se harmonizarem, conhecerem um ao outro. Comunhão espiritual é fator primordial. Lembre-se que quanto mais próximo cada um estiver de Deus, mais próximo estarão um do outro. Este período também serve para confirmar a perfeita vontade de Deus para a vida de ambos.

O padrão de Deus para um namoro bem sucedido é este:


1) Espiritual – forte. Deus em primeiro lugar, nunca seu namorado (a).
2) Vontade, emoções e mente dentro do plano de Deus.
3) Corpo (físico) – sob controle.

Quando um namoro está fora do padrão de Deus, o que acontece é justamente o contrário:


1) Espiritual – fraco. A sensibilidade espiritual está cauterizada.
2) Emoções, vontade e mente – descontrolada.
3) Físico – sensual.

Portanto, fora do padrão de Deus ocorre que o lado espiritual fica cauterizado; a mente, a vontade e as emoções raciocinam de forma sensual e o físico fica corrupto.
Uma pergunta séria a se pensar: A vontade de Deus é mais importante que o seu namoro?

continua...